29 Ago

Escolhas

Dears,

Já uma vez aqui vos falei sobre o amor entre pessoas do mesmo género. Entenda-se: dois homens e duas mulheres.

Sou homossexual. Se preciso de falar sobre o assunto? Não. É só mais uma característica minha, assim como sou rabugento ao acordar, ou assim como gosto mais de um prato de peixe em vez de carne. Sou quem sou. Tive que lutar bastante, e ainda luto, contra olhares e preconceitos. Há muito tempo que percebi que o problema não é meu, mas sim da cabeça das pessoas.

Sinto-me muito bem por ser quem sou. Até porque o mais importante não é a nossa escolha sexual, mas sim o nosso comportamento perante as pessoas a quem amamos e perante a restante sociedade. Considero-me boa pessoa e bom cidadão.

Não limitem os vossos pensamentos nem as vossas escolhas. Todos temos diferenças e, ainda assim, todos precisamos de afeto.

 

H.

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>