30 Jun

Ainda o amor

(num post muito rápido)

Não é honesto pegar numa pessoa e enfiá-la numa redoma como se nos pertencesse. Amar é deixar que a outra pessoa seja feliz e admitir que poderá sê-lo mesmo quando não está fisicamente ao nosso lado.
O amor não justifica comportamentos mesquinhos ou maldosos. Pelo contrário, amor é respeito e companheirismo. Quando estes elementos faltam, a relação apodrece, deixa de fazer sentido e é quando chega o momento da mudança.

Hoje tenho muito trabalho pela frente e tenho que despachar-me para não deixar nenhuma darling à minha espera.

Até já.

H.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Inserido em amor em 30 de Junho de 2014 por H. e marcado com