29 Jan

Engano

Dears, Continua o engano. Não sei até quando vai durar. Gostava de acabar com isto, mas será que tenho o direito de o fazer? O que acham?   H.

28 Jan

Sofro

Dears, Sofro quando alguém de quem gosto também sofre. Mas há limites para este sentimento e há limites na forma como tudo pode acontecer. O meu poder de encaixe e de ser flexível conhece limitações e não consigo ser sempre bonzinho, apesar de tentar. Um bom dia para vocês.   H.

27 Jan

Segredo

Dears, Há pessoas que adoram viver em segredo. Ou seja, nunca falam abertamente da sua vida, não partilham emoções, não partilham sentimentos. Tornam tudo mecânico. Não sinto inveja nenhuma dessas pessoas. São tristes e afastam os outros. E quando, por acaso, não afastam nem percebem que isso se deve ao facto de os outros serem […]

26 Jan

“Em casa de…

ferreiro, espeto de pau.” E, parece-me que acontece muitas vezes e em muitas casas. Lá por dominarmos a teoria, não significa que saibamos resolver a prática. Aliás, é isso que acontece normalmente. Falamos, falamos, falamos e resolver: nada!   H.

22 Jan

Sou só eu que acho?

Dears, A sinceridade acima de tudo. Ou seja, digam o que pensam e o que sentem, seja bom ou mau. Não há nada mais libertador do que a frontalidade e a honestidade. É o que eu acho, mas talvez seja só eu a achar. O que acham?   H.

20 Jan

Lata!

Dears, Que grande lata que algumas pessoas têm! Eu, já com esta idade, ainda fico impressionado com o que algumas pessoas fazem e dizem. Conseguem enganar-se a elas próprias e fazem de tudo para enganar os outros. Quando são desmascaradas, tornam-se ridículas e pequeninas. Este tipo de gente não interessa a ninguém.   H.

15 Jan

Momento certo

Dears, Vocês sabem qual é o momento certo para agradecer a outra pessoa? E o momento certo para dizer “olá”? E qual é o momento certo para dizer “gosto de ti”? E qual é o momento certo para contar a outra pessoa a falta que nos faz? Sabem qual é o momento certo para fazer […]

14 Jan

Objectivo

Dears, Concentrem-se no vosso objectivo e esforcem-se para atingi-lo, mesmo contra tudo e todos. No entanto, se perceberem que chegarem ao momento de desistir, desistam. Não há mal nenhum nisso. Todos nós podemos, e fazemos, escolhas erradas.   H.